quinta-feira, 7 de setembro de 2017

Ansiedade/depressão/suicídio

Eu confesso que  não pensava nisso a alguns meses e estava até bem, ansiedade na medida certa (De vez em quando ela dava uma aparecida mas dava pra levar) e a depressão eu acreditava não fazer mais parte de mim ou sla não sei como explicar, o fato é que de uns tempos pra cá eu venho tendo todos os sintomas da depressão e da ansiedade também a vontade de chorar que vem a todo momento (Incluindo agora que escrevo) o vazio, e infelizmente o pensamento de morte, não é que eu queira me matar ou algo assim é só que o pensamento vem e ele incomoda, coisas como "Talvez seja melhor morrer" me torturam e eu acho "incrível" eu estar nesse meio termo ja que com a depressão eu penso em morrer e acabar com tudo isso e com a ansiedade eu temo a morte, sinto ela mas a temo tenho pensamentos do tipo "Vou morrer hoje" e isso me apavora. Acho que usei a palavra errada não acho "incrível" acho apavorante. E ver pessoas ao meu redor tentando me ajudar sem saber como me deixa ainda pior, o medo de ficar tão mal quanto o ano passado me apavora imagina se eu volto com o choro incontrolável e com as crises incessantes? E todo sofrimento que causei a minha mãe? Ver ela tentar ser forte por mim faz com que hoje eu me sinta ainda pior porque tinha uma parte de mim que não se importava nem com ela e nem com ninguém!Tenho medo de não me importar com as pessoas e de não sentir nada e tudo ao mesmo tempo de novo. As vezes me sinto mega triste e no mesmo dia um pouco mais tarde estou radiando de felicidade, isso se deve ao uso irregular que fiz da sertralina dois médicos clínicos me disseram o que eu já sabia que quando interrompemos o uso de medicamentos como esses ou tomamos de forma irregular (Como eu fiz uma semana tomava e outra não) acabamos desregulando ainda mais o cérebro o que provavelmente abaixou meus níveis de  serotonina.No fim eu acho que quero viver só que tenho medo disso, medo de viajar sozinha, de ir para o trabalho, de machucar quem eu amo e tudo isso só me faz querer ficar quieta e sozinha na minha cama onde aparentemente nada pode me ferir só que quanto mais eu deixo a vida passar mais me afundo nisso e o pensamento de morrer volta e isso é um ciclo horrível. Eu tenho medo quase que o tempo todo, as vezes fecho a porta do quarto para dormir porque eu acho que posso me matar a noite com alguma faca ou algo assim e ai me lembro que tenho vários remédios de tarja preta no meu quarto o que me deixa em alerta me fazendo dormir muito mal. O fato é que parece que tenho todo o peso do mundo sobre mim e ate imaginar que uma outra pessoa passa por isso ou por qualquer coisa parecida me faz sentir horrivelmente culpada.Quero ficar sozinha porque não quero preocupar outras pessoas com meus problemas ate porque eu sempre fui boa em ajudar e não o contrario!
Vou voltar ao meu psiquiatra provavelmente na terça feira e tenho quase certeza de que ele não vai gostar do meu emprego atual, porque de certa forma é estressante e pessoas ansiosas não costumam lidar bem com metas isso pode ter me prejudicado e é muito provável que ele me afaste ao menos no tempo em que o medicamento que ele me der faça efeito  já que nos primeiros dias a possibilidade de um surto é bem maior.
Vou trancar a faculdade (sei que sempre quis cursar psicologia e etc e ainda quero) e o motivo que estou usando é que trabalhar e estudar esta sendo complicado e isso não é uma mentira, mas o peso maior é que eu estou sem a minima vontade de ir na facul ou em qualquer outro lugar, não direi isso a meus pais minha mãe ate creio que entenderia, mas acho que meu pai viria com o papo de que preciso ter  força de vontade e que não posso me deixar ficar assim e blá blá blá e pra ser sincera não estou afim de entrar em uma briga por isso já temos muitas coisas pelas quais brigar e nem elas estão conseguindo ter todo o meu foco.
Quanto ao resto: Perdi meu celular na semana passada então Hina, Lua, Tami, Mannu e etc peço desculpas por não ter falado com você esses dias, alguns colegas e amigos pediram demissão lá do trabalho o que me deixou triste, estou com muita saudade da Ali , da minha vozinha e dos meus primos o que acaba me deixando melancólica , tenho livros para ler e estou sem a minima vontade (Livros que eu queria MUITO mesmo) Tenho muita vontade de me machucar fisicamente mas prometi a mim mesma que não faria isso.
Existe uma parte de mim que quer se deixar ser levada pela nevoa e ficar quietinha acolhida nela o que seria bem mais "fácil" mas eu ainda estou aqui e preciso ficar bem não só por mim mas por todos que eu amo e ainda me importo.

"Outras coisas podem nos mudar, mas a família é o começo e o fim"  _ Anthony Brandt
(Essa frase roubou minha atenção hoje e nesse momento ela faz muito sentido para mim)


sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Futuras primaveras.....


Eu nunca me senti animada por fazer aniversario mas tenho lembranças de alguns  como os dos 15 anos que preferi viajar do que fazer festa, meus 13 não consigo lembrar ate porque no dia 12 de outubro (quatro dias antes do meu niver) me aconteceu algo bem marcante e depois dai não consigo me lembrar de mais nada desse ano (Me dei conta disso agora) mainha resolveu comemorar meus 17 e os meus 18 comemorei com alguns familiares..Os 19 foram os piores porque eu estava com depressão e não sabia então passei o dia todo sozinha deitada no chão da sala (Meus pais trabalhando) e quando chegaram eu fui "dormir".
Aos 20 não lembro bem o que fiz mas acho que no fim sai durante a semana com algumas amigas fui na igreja e etc..Agora que completarei 21 (Se Deus permitir) estou animada (O que pode mudar daqui a uns dias mas ok rsrs) Não quero fazer nada, festas ou coisa do tipo na verdade quero estar bem comigo mesma nesse dia e só isso, então vou fazer uma lista de 21 itens que quero mudar ate lá e no dia seguinte 17 de outubro posto aqui a lista e o que consegui cumpri dela.
Acho que conseguir completar essa lista vai ser o maior presente que eu mesma poderia me dar.

Eu sou pedaços

Eu sou pedaços seus, de lembranças, magoas, alegrias, medos, sonhos, ansiedades, felicidade, pânico, gentileza, loucura, grosseria, musica, Ana, Mia.
Sou livros, pessoas, séries, filmes.
E sendo tudo isso eu só queria ser eu.
E, se "Ser eu" for ser tudo isso?
Finch diria "Eu estou em pedaços." eu digo "Eu sou pedaços"


terça-feira, 8 de agosto de 2017

Delete

Já escrevi umas 4 vezes e apaguei acho que só isso já basta para definir como estou...

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Vou tentar (já é muita coisa)

Dizer quando não estamos bem é difícil...razões:
1 º  Quando verbalizamos de certa forma as coisas se tornam reais.
º  Na maioria das vezes achamos que estamos incomodando as pessoas.
As duas razões são validas e, ainda existe a 3 º A maioria das pessoas não se importam, não de verdade.
Quando alguém me pergunta se estou bem e eu não respondo ou digo "hurum" a dor, tristeza e agonia só pioram...Então para o meu próprio bem decidi que vou tentar (Veja bem, tentar) sempre responder a verdade não importa a quem e quando seja, isso não vai tecnicamente me obrigar a dar explicações ate porque se eu não quiser falar eu simplesmente não vou falar.
É isso, a partir de hoje eu não fingirei que estou bem para deixar as pessoas ao meu redor bem (O que não significa que vou deixar de tratá-las bem, isso nunca) só darei mais importância a mim mesma. Esse é o primeiro objetivo de muitos...  

  

sexta-feira, 30 de junho de 2017

Piloto Automático

Durante muito tempo eu ouvi essa musica mas só agora eu tirei algo de positivo dela. É que tem dias que se eu pudesse não falaria com ninguém nem mesmo com as pessoas que mais amo e nesses dias eu costumava deixar tudo pra la e realmente me isolar...
Só que não posso mais fazer isso por motivos óbvios, se toda vez que eu estiver (nem tem uma palavra pra conseguir descrever o que sinto nesses dias) hann "triste" ou "sem sentir nada" eu deixar de ir para a faculdade  eu  perderia o semestre ou se não fosse para  o trabalho, bom, eu seria demitida!
Deixar de falar com as pessoas que eu sei que se importam comigo só vai deixar elas preocupadas e eu não quero isso, então, nesses dias  eu faço tudo no piloto automático geralmente as pessoas ao redor notam que eu estou diferente mas não é nada que eu não possa contornar com uma mudança de assunto. Costumo ouvir muito "Cade a Geisa toda animada?" ou "Eu fiz alguma coisa?" e confesso que isso me irrita porque eu já não estou bem e ainda tenho que, de alguma forma, ficar bem. Da pra entender? Acho que não rs nem eu entendo...
No fim acho que o pouco de controle emocional que eu tenho só é mantido por causa do amor de Cristo por mim, porque olha é tenso rs 












PS:Alguns blogs não estão sendo atualizados vocês estão bem? Qualquer coisa chama pelo whats!
   

Ansiedade/depressão/suicídio

Eu confesso que  não pensava nisso a alguns meses e estava até bem, ansiedade na medida certa (De vez em quando ela dava uma aparecida mas d...